275. Um toque de sensibilidade…